Rio de Janeiro (RJ) – O Instituto Militar de Engenharia (IME) realizou a formatura de entrega de espadas aos novos oficiais do Quadro de Engenheiros Militares (QEM), integrantes da Turma “Bicentenário da Independência do Brasil”, no dia 8 de dezembro. A Turma de 2022 é composta por 64 engenheiros do Curso de Formação e Graduação, 11 do Curso de Formação, 19 Oficiais da Reserva e 8 do Curso de Graduação, sendo 7 oficiais egressos da Academia Militar das Agulhas Negras e 1 Oficial da Marinha do Brasil. Dos 102 formandos, 82 passaram a integrar o QEM.

O General de Exército Guido Amin Naves, Chefe do Departamento de Ciência e Tecnologia, presidiu a formatura e entregou a Medalha Marechal Hermes – aplicação e estudo de bronze com uma coroa – ao Primeiro-tenente Gustavo Atala Testoni, do Curso de Engenharia da Computação por ser classificado em 1° lugar no Curso de Formação e Graduação de Oficiais Engenheiros Militares e 1º lugar geral. O General de Exército André Luiz Novaes Miranda, Comandante Militar do Leste, realizou a entrega da Medalha Marechal Hermes ao Primeiro-tenente Antônio Carlos de Andrade Júnior, classificado em 1º lugar no Curso de Graduação de Engenheiros Militares.

O General de Brigada Juraci Ferreira Galdino, Comandante do IME, proferiu um discurso no qual destacou a importância do QEM na obtenção de elementos de capacidade militar. Também enfatizou a necessidade da manutenção dos princípios e valores caros ao Exército Brasileiro no exercício da profissão. Em seguida, foram entregues as espadas de oficial aos formandos e realizado o compromisso ao primeiro posto.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

Abrilhantaram a solenidade autoridades civis e militares, com destaque para o Ministro Paulo Cesar Rezende de Carvalho Alvim, Ministro de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovações, o General de ExércitoFlavio Marcus Lancia Barbosa, Chefe do Departamento de Educação e Cultura do Exército, o Ministro José Barroso Filho, Ministro do Superior Tribunal Militar e o General de Divisão Robson Santana de Carvalho, Chefe de Ensino, Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação do Departamento de Ciência e Tecnologia do Exército.

 

Fonte: Instituto Militar de Engenharia

 

Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).