Dia Mundial dos Oceanos, o 8 de junho deste ano tem mais um motivo para ser lembrado. A data também marca o início da Década dos Oceanos, instituída pela Organização das Nações Unidas (ONU) para incentivar a colaboração científica internacional, bem como o gerenciamento sustentável dos oceanos com base na integração entre a ciência e a política. Na prática, o objetivo é que sejam criados comitês nacionais para desenvolverem um plano com diretrizes claras sobre onde a humanidade quer chegar nos próximos dez anos em relação à proteção dos oceanos.

Na Universidade de São Paulo, a Cátedra Unesco para Sustentabilidade dos Oceanos, vinculada ao Instituto de Estudos Avançados (IEA) e ao Instituto Oceanográfico (IO) da USP em convênio com a Unesco, lançou um site para divulgar as ações que vão contribuir com a Agenda Global dos Oceanos e a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável. No site é possível acompanhar as iniciativas em andamento, as parcerias e o que está sendo proposto estrategicamente. Além disso, uma oceanoteca se dedica a promover a cultura oceânica com planos de ações e materiais educativos. Uma playlist no aplicativo Spotify apresenta músicas que têm relação com o tema dos oceanos, além de vários outros itens que auxiliam no conhecimento sobre o tema.

Para o lançamento do site, a cátedra também promoveu um debate on-line, no dia 8 de junho, com a Coordenadora Geral dos Oceanos, Antártica e Geociências da Unesco, Karen Silverwood-Cope, o coordenador do Programa de Ciências Humanas e Sociais da organização no Brasil, Fábio Eon, e o professor titular do Instituto Oceanográfico e responsável pela cátedra, Alexander Turra.  O evento pode ser conferido no canal do IEA.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

20200608 site catedra oceanos 2
Site da Cátedra Unesco para Sustentabilidade dos Oceanos vai reunir materiais para contribuir com a Agenda Global dos Oceanos – Foto: Reprodução

Em outra frente pelos oceanos, o Instituto Oceanográfico (IO) da USP preparou uma série de palestras com transmissão pela internet em comemoração à Semana do Oceano (World’s Oceans Week) que será realizada do dia 8 a 12 de junho (confira a programação abaixo). “Este ano, a situação especial que estamos vivenciando nos faz rever as nossas vidas e também as questões ambientais, como a dos oceanos” , destaca Elisabete de Santis Braga, diretora do Instituto Oceanográfico. As palestras tratam de temas atuais e relevantes dentro das diferentes áreas da ciência oceanográfica e serão ministradas por especialistas, com a divulgação das pesquisas do IO. Qualquer pessoa pode acompanhar a transmissão e para receber certificado de participação é necessário fazer a inscrição pelo formulário on-line.

Captura de Tela 2020 06 12 às 18.55.18

O evento Semana dos Oceanos do IO é organizado pelo grupo Café com Ciência, criado em 2016 para divulgar e discutir os estudos do IO e integrar alunos, professores e funcionários das diferentes áreas da oceanografia em um ambiente informal e descontraído. O Café com Ciência promove palestras quinzenais no formato presencial mas, por causa da pandemia do coronavírus, os eventos passaram a ser on-line.

A iniciativa é ligada à Comissão de Cultura e Extensão e coordenada pelo professor Christian Millo, com participação das pesquisadoras Ana Cristina Monteiro-Leonel, doutoranda de Oceanografia Biológica; Juliana Correa Neiva Ferreira, mestranda Oceanografia Biológica; Mariana Santos Lobato Martins, mestranda em Oceanografia Socioambiental; e Raissa Basti Ramos, doutoranda de Oceanografia Geológica. As atividades podem ser acompanhadas pelas redes sociais, no Instagram e Facebook.

Fonte: Jornal da USP

Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).