O Instituto de Fomento e Coordenação Industrial (IFI), por meio da Divisão de Certificação de Produto Aeroespacial (CPA), localizada em São José dos Campos (SP), entregou, no dia 11 de novembro, em cerimônia realizada em suas dependências, o Certificado de Tipo Provisório do KC-390 à Embraer. Esse documento, cuja entrega coroa um trabalho de mais de dez anos entre representantes da CPA e da Embraer, atesta que o projeto cumpre com os requisitos contratados. Para se chegar a isso, a Embraer apresentou ao IFI diversas evidências que comprovam a segurança do projeto, bem como o cumprimento das missões que a aeronave irá realizar em prol da Força Aérea Brasileira (FAB).

O certificado de tipo provisório indica que o avião cumpre os requisitos até agora comprovados e é seguro para as missões já certificadas. A emissão desse documento – prática comum na aviação civil – mostra que a aeronave já está próxima da certificação final e está apta a cumprir várias missões. O certificado definitivo vem após o encerramento do processo de verificação do IFI e das demais missões previstas nos requisitos contratados em todo o envelope de voo.

O Chefe da CPA, Tenente-Coronel Especialista em Armamento Fábio de Castro Dutra, explicou que o certificado de tipo atesta que o projeto de tipo do KC-390 está aeronavegável e cumpre com os requisitos de missão. “A certificação ainda é provisória, pois está sendo entregue uma parte das funcionalidades do projeto da aeronave. Ao término da certificação de todas as funcionalidades será emitido o certificado de tipo definitivo”, detalhou.

O evento é um momento histórico do IFI e da indústria aeronáutica brasileira, notadamente da Embraer, uma vez que ratifica a capacidade técnica e o profissionalismo nacional, por meio da entrega de uma aeronave moderna e eficiente à FAB e ao mercado mundial.

Foto: IFI

Marcelo Barros, com informações da Agência Força Aérea
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui