Herói de guerra da Força Expedicionária Brasileira (FEB), o ex-combatente Modesto Mariano de Britorecebeu, em sua casa em Curitiba, uma homenagem do Exército por ocasião da data de seu aniversário, 11 de março, quando completou 98 anos de vida. O comandante da 5ª Região Militar (5ª RM), Gen Bda Ronaldo Morais Brancalione, ao parabenizá-lo, ofereceu-lhe uma moeda alusiva à 5ª RM e um certificado pelos feitos de coragem durante a 2ª Guerra Mundial.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

Parte da Banda da 5ª Divisão de Exército também marcou presença, comandada pelo Subtenente Daniel. Os militares tocaram a “Canção do Expedicionário”, “Parabéns a você” e outras músicas. Também participaram das homenagens familiares e integrantes da Polícia Militar.

O então Soldado Brito era padioleiro durante a heroica participação do Exército Brasileiro na Campanha da Itália, em 1944/45. Uma de suas missões era socorrer as vítimas nos campos de batalha e carregá-las em macas para atendimento médico.

Casado com Dalvina, de 96 anos, Modesto Brito teve três filhos (já falecidos) e tem três netos: Jefferson, Edineia e Guilherme. Edineia, de 38 anos, viveu duas experiências inesquecíveis ao lado do avô. Em 2010 e 2015, ela o acompanhou em viagens pela Itália para refazer os principais caminhos da guerra.

Ela também lembra de um fato curioso em 2010: “Meu avô sempre contava uma história de uma moça que ele ajudava com alimentação e outros utensílios. De tanto falar e contar os detalhes aos italianos, achamos essa moça em uma das cidades no percurso de Monte Castelo. O encontro foi emocionante. Toda a família dela chorou, agradeceu. O italiano é muito agradecido ao brasileiro.”

O ex-combatente contava várias histórias à neta. Ela compartilha: “Na época da guerra, italianos pediam comida aos brasileiros porque viviam na extrema pobreza. O povo italiano é muito grato por isso e, nas nossas viagens, os moradores das cidades faziam fila para cumprimentá-lo. Eles choravam, apertavam as mãos dele. Meu avô sempre oferecia algo para eles comerem”.

A homenagem ao 2º Tenente Modesto Brito se estende a todos os militares da FEB que lutaram ao lado dos aliados contra os nazistas, especialmente em memória aos que já faleceram. Waldomiro Zavadzki e José Basílio da Silva Filho, por exemplo, nos deixaram neste início de 2021. Nossa reverência aos heróis de guerra.

Fonte: 5ª Região Militar
Marcelo Barros
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).