Forças Armadas ultrapassam 800 horas de voo em apoio ao estado do Amazonas.

blank
Foto: Ministério da Defesa

Em apoio à crise no sistema de saúde pública no estado no Amazonas, a Força Aérea Brasileira (FAB) alcançou 875 horas de voo. Na batalha para salvar vidas, as missões aéreas desenvolvidas pelos militares totalizam 131 viagens, com média de deslocamento de aproximadamente 44 horas por dia. A carga transportada, entre tanques de oxigênio líquido, cilindros de oxigênio e equipamentos para o combate ao novo coronavírus, soma 927 toneladas.

Desde o dia 08 de janeiro, aeronaves da FAB realizaram 97 trajetos de apoio logístico e 34 para remoção de 340 pacientes do Amazonas para hospitais de outros unidades da federação.

b3e4b704 8c88 4bd2 8fb4 8b871e714fc5 - Forças Armadas ultrapassam 800 horas de voo em apoio ao estado do Amazonas.
Foto: Ministério da Defesa

Até esta quinta-feira (28), 3.918 cilindros de oxigênio foram transportados para municípios do Amazonas, sendo 1.150 por balsas. Seguiram, ainda, em aeronaves da FAB 15 usinas de produção de oxigênio, 235 tanques de oxigênio líquido e 3,1 toneladas de medicamentos.

2a02f3a3 9b62 4553 a6a7 9040abc17a5e - Forças Armadas ultrapassam 800 horas de voo em apoio ao estado do Amazonas.
Foto: Ministério da Defesa

A Marinha do Brasil enviou 47 respiradores de baixo custo ao estado. Os equipamentos doados foram desenvolvidos em parceria entre o Centro Tecnológico da Marinha em São Paulo (CTMSP) e a Universidade de São Paulo (USP).

 

Fonte: Ministério da Defesa
Por Isabela Nóbrega
Fotos: Ministério da Defesa

Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do Defesa em Foco em seu e-mail, é de graça!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui