Neste domingo (28), a capital de Rondônia recebeu mais dez tanques de oxigênio (tipo Permacyl), enviados pela Forças Armadas em apoio ao Ministério da Saúde. O material, cerca de 17 mil m³ de oxigênio, foi transportado em um avião cargueiro KC-390 Millennium da Força Aérea Brasileira (FAB), para dar suporte no tratamento de pacientes com Covid-19.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

A missão faz parte de uma das três linhas contínuas estabelecidas para abastecer Porto Velho com oxigênio, em cilindros (O2 gasoso), tanques criogênico tipo Permacyl e isotanques (O2 líquido).

MD_NOTICIAS_20210328_NOT03_RO_FOTO05.jpeg

As Forças Armadas transportaram ainda 347 cilindros de oxigênio gasoso, que seguiram de Guarulhos (SP) para Sinop (MT), em dois aviões KC-130 Hércules da FAB. O Exército, por meio do Comando Militar do Oeste, apoiou o deslocamento do material para o Hospital Regional Jorge de Abreu.

O Secretário de Saúde de Mato Grosso, Gilberto Figueiredo, agradeceu o apoio. “Parabenizo e agradeço a todos nessa missão. Vocês são guerreiros, determinados, e estão fazendo a diferença para salvar vidas nessa pandemia”, disse.

MD_NOTICIAS_20210328_NOT03_SINOP_FOTO01.jpeg

No sábado (27), uma aeronave KC-390 transportou um isotanque de oxigênio líquido de Manaus para Porto Velho. No mesmo dia, um cargueiro KC-130 também transportou 160 cilindros de oxigênio gasoso de Guarulhos (SP) para Natal (RN).

As ações fazem parte de missões contínuas no âmbito da Operação Covid-19 de combate à pandemia. Para efetuar a logística, o material deve estar pronto no local de embarque combinado e as aeronaves da FAB enviam-no para a localidade que aguarda.

Com informações dos Comandos Conjuntos
FOTOS: Major Portella, Soldado Levy Martins/FAB e Soldado Dario/FAB 

Marcelo Barros
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).