blank

A Força Aérea Brasileira (FAB) lamenta informar o falecimento do Major-Brigadeiro do Ar Silas Rodrigues, aos 97 anos, ocorrido na noite desse domingo (26/06), em sua residência em Brasília (DF).

Personalidade ilustre e marcante na história da FAB, o Major-Brigadeiro Silas ingressou na Força Aérea em abril de 1943. Foi declarado Aspirante a Oficial Aviador em 18 de dezembro de 1945 e participou do Primeiro Estágio da Seleção para Pilotos de Caça (ESPC), liderado pelos veteranos do Primeiro Grupo de Aviação de Caça (1º GAVCA), na Base Aérea de Santa Cruz (BASC), em 1946, o qual deu origem à formação da Aviação de Caça Brasileira.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

O Oficial-General ocupou importantes cargos e funções, dentre os quais: participou da ativação do Segundo Esquadrão do Quinto Grupo de Aviação (2º/5º GAV) – Esquadrão Joker, como Oficial de Operações; comandou o Primeiro Esquadrão do Décimo Quarto Grupo de Aviação (1º/14º GAV) – Esquadrão Pampa; foi Comandante do Quinto Grupo de Aviação; Comandou a Base Aérea de Brasília e o Comando Aerotático; e foi Vice-Chefe do Estado-Maior das Forças Armadas, dentre outros. Reformado em 1989, após 46 anos de serviço, possuía mais de oito mil horas de voo, das quais mais de mil e cem horas de caça nos aviões P-47 e Gloster.

Honras Fúnebres

A cerimônia de honras fúnebres está sendo realizada no Hangar do Grupo de Transporte Espacial (GTE), localizado na Base Aérea de Brasília (BABR), nesta terça-feira (28/06) pela manhã.

A FAB manifesta condolências e profundos sentimentos de solidariedade e apoio aos familiares.

Foto: Suboficial Nery / Arquivo CECOMSAER