A Força Aérea Brasileira (FAB) interceptou, por volta de 13h40 (horário de Brasília) deste sábado (19), no estado do Amazonas, uma aeronave modelo PA-34 Seneca que transportava 165 quilos de drogas. Dois caças A-29 Super Tucano e um helicóptero H-60 Black Hawk da FAB foram empregados na missão, realizada em conjunto com a Polícia Federal (PF).

i2221917185204933A aeronave foi detectada na região central do Amazonas sem plano de voo e cumpria rota conhecida para o tráfico de drogas, estando então sujeita às medidas de policiamento do espaço aéreo brasileiro, conforme previsto no Decreto 5.144, de 16 de julho de 2004.

A aeronave fez um pouso forçado em um canavial próximo à cidade de Presidente Figueiredo (AM). O helicóptero H-60 da FAB pousou no local com a equipe da Polícia Federal, que cumpriu as Medidas de Controle de Solo (MCS), apreendendo a carga ilícita.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

i2221917440909331

O Comandante de Operações Aeroespaciais, Tenente-Brigadeiro do Ar Sergio Roberto de Almeida, comentou o sucesso da operação conjunta. “A ação deste sábado comprova a prontidão operacional da FAB. As capacidades do Sistema de Defesa Aeroespacial Brasileiro permitem uma vigilância consistente 24 horas por dia, sete dias por semana”, disse.

Ação permanente

i2221915340501825As ações deste sábado fazem parte da Operação Ostium para coibir ilícitos no espaço aéreo brasileiro, na qual atuam em conjunto a FAB e Órgãos de Segurança Pública, em cumprimento ao Decreto nº 5.144 de 16 de julho de 2004.

Fotos: Sargento Bruno Batista e Sargento Bianca Viol / CECOMSAER e Divulgação COMAE

Marcelo Barros, com informações da Agência Força Aérea
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).