A Força Aérea Brasileira (FAB) deu início, na última quinta-feira (02/06), a entrega de doações às vítimas das fortes chuvas que atingiram a região metropolitana do Recife (PE). O esforço regional é coordenado pelo Segundo Comando Aéreo Regional (II COMAR) e pela Assessoria de Serviço Social da Base Aérea de Recife (BARF), arrecadando doações para a população pernambucana que passou a enfrentar dificuldades pelas fortes precipitações que causaram alagamentos e inundações. A primeira entrega dos donativos ocorreu na comunidade da Muribeca, em Jaboatão dos Guararapes.

A Chefe da Assessoria de Serviço Social da BARF, Tenente Priscila Ferreira de Queiroz Albuquerque, falou sobre a missão. “A Muribeca foi um dos lugares escolhidos por ser um dos mais afetados pelas enchentes. Eles relataram muita dificuldade pela falta do fornecimento de água, o que não permite o preparo de alimentos, então fizemos contato com uma igreja que serviu como ponto de apoio para o recebimento de doações e preparo da comida para distribuição à população”, destacou.

Entre os donativos estavam mais de 1,2 mil itens de vestuário, mais de 100 toalhas, cobertores, travesseiros e colchões, além de 17 cestas básicas completas e kits de higiene pessoal, alimentos avulsos, brinquedos e material de limpeza. A campanha busca arrecadar doações de alimentos, roupas, produtos de limpeza, colchões, entre outros itens domésticos. A arrecadação de donativos continuará enquanto houver necessidades.

A representante da igreja que recebeu os donativos e moradora da comunidade, Alexandra Limeira, agradeceu o apoio da FAB e falou sobre as necessidades da comunidade. “Foi muito difícil e triste, mas a gente tem se ajudado, temos tentado apoiar os moradores de 8h às 0h e cada doação recebida nós entendemos que Deus está cuidando de nós. Agradecemos o apoio da Força Aérea, temos recebido ajuda de todo lugar, de outros municípios, ontem um grupo de colombianos nos trouxe comida pronta, agradecemos a todos vocês. Agora, nossa maior demanda é de itens de casa perdidos, como toalha e lençol, além de itens de limpeza. Essa grande solidariedade não tem preço, agradeço de coração”, disse.

Fotos: Tenente Felipe Bueno/II COMAR

Marcelo Barros, com informações da Agência Força Aérea
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui