Os arquivos da FAA revelam uma ameaça surpreendente à segurança das companhias aéreas: os testes de GPS do Exército dos EUA.

Existem cerca de 90 relatórios ASRS detalhando a interferência do GPS nos Estados Unidos nos últimos oito anos, a maioria dos quais foram arquivados em 2019 e 2020. Agora, novas evidências de que a interrupção do GPS na aviação comercial é muito mais comum do que sugere o banco de dados ASRS.

Os testes militares que bloqueiam e falsificam os sinais de GPS são um acidente prestes a acontecer

Os militares americanos estão bloqueando os sinais de GPS para desenvolver suas próprias defesas contra esses bloqueios. Ironicamente, os esforços do Pentágono para proteger suas próprias tropas e sistemas estão colocando em risco a vida de pilotos civis, passageiros e tripulação. Em 2013, os militares essencialmente admitiram isso em um relatório , dizendo que “os testes planejados de EA [ataque eletrônico em português] ocasionalmente causam interferência nas operações de voo baseadas em GPS e afetam a eficiência e economia de algumas operações de aviação”.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

As informações são do site: IEEE Spectrum