No dia 28 de maio deste ano, o Comando de Artilharia do Exército (Cmdo Art Ex) recebeu a visita de uma comitiva do Exército Equatoriano. A delegação foi acompanhada pelo 5º Subchefe do Estado Maior do Exército e pelo Comandante de Artilharia do Exército, reforçando a importância da ocasião para ambos os países.

Apresentação das Instalações e Sistema ASTROS

blank

A visita teve como objetivo principal apresentar as instalações do Forte Santa Bárbara e as características técnicas do Sistema ASTROS. Este sistema é um dos principais orgulhos da artilharia brasileira, sendo crucial para a defesa e a segurança nacional. A comitiva equatoriana foi recebida pelo Comandante de Artilharia do Exército no Centro de Instrução de Artilharia de Mísseis e Foguetes (CI Art Msl Fgt).

Palestras e Demonstrações Técnicas

No auditório Coronel Mário César, os visitantes assistiram a uma palestra que abordou aspectos técnicos e operacionais do Sistema ASTROS. Após a palestra, foi organizada uma demonstração de materiais, permitindo aos convidados observar de perto a tecnologia e a capacidade do sistema brasileiro.

Visita ao Centro de Logística de Mísseis e Foguetes

Um dos pontos altos da visita foi a passagem pelo Centro de Logística de Mísseis e Foguetes (C Log Msl Fgt). Neste local, a comitiva conheceu as peculiaridades da logística de mísseis e foguetes, um segmento essencial para o funcionamento e a eficácia do Sistema ASTROS. A logística bem estruturada é fundamental para garantir que os equipamentos estejam sempre prontos para uso, o que é vital para a defesa do país.

Fortalecimento de Laços e Cooperação

O estreitamento de laços com nações amigas, como o Equador, é crucial para o fechamento de acordos de cooperação. Essas parcerias podem abranger diversas áreas, com destaque para a linha científico-tecnológica. Além disso, a cooperação entre as nações contribui significativamente para o fortalecimento da paz regional, promovendo um ambiente de estabilidade e segurança.

A visita da comitiva do Exército Equatoriano ao Comando de Artilharia do Exército Brasileiro representa um passo importante na construção de uma cooperação militar mais sólida e eficaz entre os dois países. A troca de conhecimentos e experiências enriquece ambas as forças armadas, fortalecendo suas capacidades de defesa.