O Exército Brasileiro, sob a coordenação do Comando Militar do Leste e da 1ª Região Militar, iniciou no dia 13 de junho o transporte de 200 toneladas de donativos para o Rio Grande do Sul. Essa iniciativa faz parte da Operação Taquari 2, conduzida pelo Ministério da Defesa para ajudar a população afetada pelas fortes chuvas que atingem o estado desde o final de abril.

Coordenação e Participação de Diversos Órgãos

A operação é coordenada pelo Comando Logístico (COLOG) e conta com a colaboração da Marinha do Brasil, Força Aérea Brasileira e Ministério da Infraestrutura. Utilizando transportes multimodais, a logística complexa permite cobrir grandes distâncias e acessar regiões de difícil acesso. O transporte começa na Base Aérea do Galeão e termina no Porto de Santos, de onde continua por navio até o Rio Grande do Sul, com o apoio da empresa de transporte naval MAERSK.

Detalhes do Transporte

Inicialmente, o transporte rodoviário é realizado com a mobilização de cerca de 200 militares e 50 viaturas do Exército Brasileiro e da Força Aérea Brasileira. Esses veículos levam os donativos da Base Aérea do Galeão, no Rio de Janeiro, até o pátio de carregamento da MAERSK, em Xerém, Duque de Caxias. Em seguida, os contêineres são transportados até o Porto de Santos pelo modal ferroviário, operado pela MRS Logística.

Capacidade de Resposta e Integração

Essa operação destaca a capacidade do Exército Brasileiro de atuar de forma integrada com outros órgãos em situações de emergência. A Operação Taquari 2 já distribuiu mais de 1.200 toneladas de donativos para o Rio Grande do Sul, incluindo alimentos, água potável, roupas e medicamentos. O apoio do Exército Brasileiro é fundamental para aliviar o sofrimento da população afetada pelas chuvas e contribuir para a reconstrução do estado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui