Rio de Janeiro (RJ) – No dia 22 de junho, a Escola de Comando e Estado-Maior do Exército (ECEME) realizou o primeiro Encontro dos Guardiões do Saber do ano de 2022, com o objetivo de promover a integração e o congraçamento dos instrutores da ECEME, da ativa e veteranos, além de realizar uma apresentação sobre o conflito Rússia-Ucrânia, abordando os aspectos operacionais, panorama geopolítico e estratégico.

O evento contou com a presença do General de Exército Gleuber Vieira, antigo Ministro de Estado e Comandante do Exército, além de autoridades da ativa e veteranos, residentes na guarnição do Rio de Janeiro. Na oportunidade, o Comandante da ECEME, General de Brigada Sérgio Manoel Martins Pereira Júnior, agradeceu a presença dos oficiais generais e dos antigos integrantes da ECEME, destacando a importância do encontro para atualização doutrinária.

Fonte: ECEME

Marcelo Barros, com informações e imagens do Exército Brasileiro
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui