Google News

O dia 5 de setembro foi incluído no Calendário Oficial do Estado como o Dia dos Atiradores do Tiro de Guerra por uma lei criada pelo deputado estadual Tenente Coimbra (PSL), publicada no Diário Oficial desta segunda-feira (17/5). “Esse é somente um pequeno reconhecimento pelos serviços prestados por esses homens em favor da sociedade. Nossos Tiros de Guerra são escolas de civismo, cidadania, patriotismo e responsáveis por formar pessoas de bons valores”, afirmou o parlamentar.

A data escolhida faz referência à criação da Confederação de Tiro Brasileira, em 5 de setembro de 1906, pelo então ministro da Guerra Marechal Hermes da Fonseca. “A sua trajetória ao longo desses 114 anos está marcada pela prestação de relevantes serviços ao Exército, às Forças Armadas e ao Brasil, dando oportunidade para milhões de brasileiros exercerem a cidadania plena e cumprirem as obrigações militares”, pontuou Coimbra. Os Tiros de Guerra permitem que milhares de jovens, principalmente os que residem em cidades do interior do país, prestem o serviço militar.

A lei 17.371/21, que institui a data comemorativa, é a segunda de autoria do deputado estadual Tenente Coimbra aprovada este ano. Ele também já teve promulgada a lei 17.359/21, que regula e expande as escolas cívico-militares para a rede pública estadual de ensino.

 

Participe do nosso grupo e receba as principais notícias do Defesa em Foco na palma da sua mão.

blank

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.



Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do Defesa em Foco em seu e-mail, é de graça!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui