No último dia 11 de junho, a cidade de Magé, no Rio de Janeiro, foi palco de uma série de atividades que celebraram o Dia do Escoteiro do Mar. Coordenados pelo chefe Nilvan, do grupo 126° GEMAR Phoenix, os escoteiros participaram de um evento repleto de simbolismo histórico, amor à pátria e compromisso com o meio ambiente.

Além dos representantes dos Grupos de Escoteiros do Mar do Estado do Rio de Janeiro, e do Coordenador Regional Andre Torricelli, participaram como convidados os grupos 210°GEAR Brigadeiro Meira, o 78°GE Monte Castelo e representantes da Secretaria de Meio Ambiente de Magé.

Caminhada até as Ruínas do Paiol de Munições

blank

Os escoteiros começaram a jornada com uma caminhada do centro da cidade até o Parque Natural Municipal Barão de Mauá, onde se encontram as históricas ruínas do Paiol de Munições. Este local é emblemático, pois ali foram produzidas as munições utilizadas na Batalha Naval do Riachuelo, um marco na história naval brasileira.

Hasteamento da Bandeira e Sinais de Barroso

Sob a coordenação do chefe Nilvan, Fuzileiro Naval reformado e líder do grupo, os escoteiros realizaram o hasteamento da Bandeira do Brasil, juntamente com as bandeiras dos sinais de Barroso, em celebração à vitória na Batalha Naval do Riachuelo. Durante a cerimônia, o hino nacional brasileiro foi tocado, proporcionando um momento de grande emoção e respeito.

Homenagem aos Heróis da Batalha

Dentro das ruínas da antiga fábrica de pólvora, os escoteiros do 126° GEMAR Phoenix narraram detalhes da guerra que envolveu o Brasil. Chefe Nilvan pediu um minuto de silêncio em honra aos mortos na guerra e em respeito às suas famílias, criando um momento de reflexão e homenagem aos heróis nacionais.

Plantio de Árvores

Após a cerimônia, os escoteiros participaram de uma ação de plantio de mudas de árvores nas redondezas das ruínas. A atividade foi coordenada por alunos da escola agrícola local e pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente. Este ato simbolizou o compromisso dos jovens com a preservação ambiental e a sustentabilidade.

Visita ao Manguezal

Em seguida, o grupo caminhou até o Parque Natural Municipal Barão de Mauá, onde visitaram as novas instalações e exploraram o manguezal do fundo da baía. Essa visita proporcionou um aprendizado significativo sobre a importância dos manguezais para o ecossistema e a biodiversidade.

Encerramento ao Pôr do Sol

A atividade foi concluída com o arriamento das bandeiras ao pôr do sol.

O mastro foi transportado inteiro até a primeira estação de trem construída pelo Barão de Mauá, local histórico por onde escoava o ouro do Caminho Real e a munição fabricada em Magé durante a Guerra da Tríplice Aliança.

Celebração do Dia do Escoteiro do Mar

Este dia comemorativo, celebrado anualmente em 11 de junho, marca a criação do Escotismo do Mar no Brasil em 1921. A data também é uma homenagem à vitória na Batalha Naval do Riachuelo, reforçando o espírito patriótico e o compromisso com a história nacional.

Artigo escrito em colaboração com o Andre Torricelli.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui