blank

Google News

Nos dias 28 e 29 de abril, em comemoração ao dia Nacional do Bioma Caatinga, a equipe de instrução do Estágio Básico do Combatente de Caatinga (EBCC) 22/2 do 59º Batalhão de Infantaria Motorizado (59º BI Mtz) e o Soldado Josuel Antônio de Freitas Silva, da Companhia de Comando e Apoio (CCAp), militar que mais se destacou durante o estágio, realizaram o plantio de mais de 100 mudas de espécies nativas da Caatinga, como a coroa de frade e a craibeira, na Fazenda Patos, município alagoano de Piranhas.

Entre no canal do Defesa em Foco no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia

As mudas foram captadas no Viveiro Florestal da Companhia Hidroelétrica do Vale do São Francisco, que é responsável por todo o processo de cultivo, que vai da seleção de sementes até sua reposição no bioma ou para doação. A revitalização da área ocorre como forma de agradecimento aos proprietários da Fazenda Patos, que cederam uma área para a realização do Estágio, além de enaltecer a mística que há na Caatinga, a Mata Branca, de deixá-la exatamente como foi recebida.

A Caatinga é um bioma exclusivamente brasileiro, ocupando uma área que supera os 700 mil quilômetros quadrados, correspondendo a cerca de 70% da Região Nordeste e a 10% do território nacional. O nome é de origem tupi-guarani e significa “mata branca”. Por seu clima seco, o ecossistema do bioma precisou se adaptar às peculiaridades apresentadas, criando mecanismos de defesa, como os espinhos da flora, e o processo migratório de espécies da fauna.

Fonte: 59º BI Mtz