Capitão de Corveta Allan durante a abertura da HOSTAC

O Comando da Força Aeronaval conduziu, nos dias 16 e 17 de novembro, a XXIV Conferência Naval Interamericana Especializada HOSTAC (Helicopter Operations from Ships other Than Aircraft Carriers, em português, Operações de Helicópteros de Navios que não sejam porta-aviões), cujo tema foi: “Recentes experiências, de caráter ostensivo, na condução de operações de aeronaves tripuladas e não tripuladas, simultaneamente, nas operações embarcadas”.

O evento, em seu formato virtual, contou com a participação de 13 países: Argentina, Bolívia, Brasil, Canadá, Chile, Colômbia, Equador, Estados Unidos da América, México, Paraguai, Peru, Reino Unido e Uruguai.

blank
Militares das Marinhas amigas durante videoconferência

A conferência possibilitou trocas de experiências e padronização de procedimentos, na busca da elevação do nível de segurança nas operações aéreas embarcadas, em especial nas operações de crossdeck contribuindo, consequentemente, para o fomento da interoperabilidade entre as Marinhas e fortalecendo os laços de amizade.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

Marcelo Barros, com informações da Marinha do Brasil
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).