Em uma demonstração de liderança e preparo, o General de Exército André Luís NOVAES Miranda, Comandante de Operações Terrestres, realizou no dia 17 de junho uma minuciosa inspeção na Força Tarefa SUEZ, destacamento da Força de Prontidão do Grupamento de Unidades Escola/9ª Brigada de Infantaria Motorizada.

Aprestamento da Força Tarefa SUEZ

blank

A inspeção conduzida pelo General NOVAES começou cedo no Campo de Parada e Estádio Brigadeiro Sampaio. Ali, o comandante verificou meticulosamente o aprestamento individual e coletivo dos mais de 1.000 militares presentes. Cada soldado apresentou seu equipamento e demonstrou suas habilidades em prontidão e resposta rápida, aspectos essenciais para a eficácia da Força de Prontidão.

Verificação das Viaturas

Um dos pontos altos da inspeção foi a verificação das mais de 190 viaturas que compõem a Força Tarefa SUEZ. O General NOVAES deu especial atenção às 28 viaturas blindadas, essenciais para operações em terrenos difíceis e situações de combate intenso. Ele avaliou as condições técnicas e a manutenção dos veículos, assegurando que todos estivessem prontos para mobilização imediata.

Local e Condições da Inspeção

O local escolhido para a inspeção, o Campo de Parada e Estádio Brigadeiro Sampaio, ofereceu as condições ideais para a avaliação das tropas. As amplas instalações permitiram uma demonstração clara das capacidades operacionais da FT SUEZ. Durante a inspeção, foi possível observar o alto nível de organização e disciplina, refletindo o rigoroso treinamento pelo qual passam os militares da Força de Prontidão.

Marcelo Barros, com informações e imagens do Exército Brasileiro
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui