Presidente Jair Bolsonaro assina Decreto que atualiza POLANTAR

O Comandante da Marinha, Almirante de Esquadra Almir Garnier Santos, participou, na última quarta-feira, 15 de junho, da solenidade de assinatura, pelo Presidente da República, Jair Bolsonaro, do Decreto nº 11.096, que atualiza a Política Nacional para Assuntos Antárticos (POLANTAR). A cerimônia foi realizada no Palácio do Planalto, em Brasília (DF).

A revisão da POLANTAR considera as conquistas e os avanços do Programa Antártico Brasileiro (PROANTAR), por meio do qual o Brasil se faz presente na Antártica desde 1982. A primeira versão foi instituída em 1987, com o objetivo de orientar os passos iniciais do Brasil na Antártica, levando em conta os três pilares das atividades executadas sob a égide do Tratado da Antártica: primazia da paz, pesquisa científica e proteção ambiental.

O PROANTAR, coordenado pela Marinha, envolve a logística de longas distâncias, a pesquisa científica contínua e a participação de vários ministérios, instituições nacionais renomadas, órgãos públicos e privados.

blank
Comandante da Marinha ressalta conquistas do PROANTAR em seus 40 anos

De acordo com o Comandante da Marinha, são muitas as conquistas do PROANTAR ao longo de seus 40 anos de existência. “É motivo de orgulho para o Brasil contar com uma Estação Antártica moderna, bem equipada e permanentemente guarnecida, apoiando a continuidade de estudos e projetos científicos; dois navios integralmente dedicados ao programa, operando com novos helicópteros que ampliam a versatilidade das atividades embarcadas; e um recente contrato para a construção, no Brasil, do novo Navio de Apoio Antártico, aumentando a capacidade de apoio às pesquisas realizadas pelo País no continente gelado”, salientou.

Na ocasião, o Presidente da República cumprimentou a Marinha por manter a presença que garante ao Brasil a condição de membro consultivo do Tratado da Antártica, com participação ativa nas decisões sobre o futuro do continente. “Temos que pensar em quem está lá, onde é muito mais difícil do que num Pelotão de Fronteira. Mas isso faz parte da rotina do militar, que sabe que está cumprindo uma missão por sua Pátria; e a Marinha bem demonstra o que vem fazendo naquela região”, enfatizou o Presidente Bolsonaro.

O evento marcou também o lançamento de medalha e selo, respectivamente, pela Casa da Moeda do Brasil (CMB) e pelos Correios, alusivos aos 40 anos da criação do PROANTAR, com a presença do Presidente da CMB, Hugo Cavalcante Nogueira, e do Diretor de Administração dos Correios, Danilo Cezar Aguiar de Souza.

Solenidade ocorreu no Palácio do Planalto

Participaram também da solenidade o Ministro da Defesa, Paulo Sérgio Nogueira de Oliveira; o Ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações, Paulo Alvim; o Ministro de Relações Exteriores, Carlos França; o Ministro do Meio Ambiente, Joaquim Leite; e o Secretário da Comissão Interministerial para os Recursos do Mar, Contra-Almirante Marco Antônio Linhares Soares; além do Vice-Presidente do Comitê Científico de Pesquisas Antárticas, professor Jefferson Simões.

Marcelo Barros, com informações da Marinha do Brasil
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui