blank
Solenidade foi presidida pelo Ministro da Defesa

Google News

O Comandante da Marinha, Almirante de Esquadra Almir Garnier Santos, participou, na manhã desta quarta-feira, 18 de maio, da cerimônia do “Dia da Vitória”, no Aterro do Flamengo, em frente ao Monumento Nacional em Homenagem aos Mortos da Segunda Guerra Mundial. A data é comemorada anualmente para reverenciar o término da Segunda Guerra Mundial, em 8 de maio de 1945, e os brasileiros que lutaram naquele conflito, no qual o País perdeu aproximadamente 2 mil vidas.

Entre no canal do Defesa em Foco no Whatsapp e fique por dentro de todas as notícias do dia

A solenidade foi presidida pelo Ministro de Estado da Defesa, General de Exército Paulo Sérgio Nogueira de Oliveira, que destacou a significativa atuação brasileira na Guerra. “O valor do militar brasileiro foi reconhecido e admirado, inclusive por seu oponente. Assim, é justo afirmar que as Forças Armadas honraram a confiança nelas depositada pelo povo brasileiro, tal como fizeram em toda a história do Brasil e como continuam a fazer na atualidade”, ressaltou.

blank
Foi realizada a aposição de uma coroa de flores
no túmulo do Soldado Desconhecido

O Comandante da Marinha falou sobre a participação da Força no conflito, enfatizando a bravura dos marinheiros que combateram na Guerra. “Com ousadia, suor e sacrifício, do lado dos Aliados, nossos marinheiros atuaram na proteção do litoral, no transporte em segurança da Força Expedicionária Brasileira (FEB) e na escolta de comboios contra ataques submarinos, contribuindo para a preservação das rotas marítimas de interesse do país”.

A ocasião marcou também a entrega da “Medalha da Vitória” a militares e civis, nacionais e estrangeiros, bem como organizações militares e instituições civis que tenham contribuído para a difusão dos feitos da FEB e dos demais combatentes brasileiros que atuaram na Segunda Guerra, participado de conflitos internacionais na defesa dos interesses do País, integrado missões de paz, prestado relevantes serviços ou apoiado o Ministério da Defesa no cumprimento de suas missões constitucionais. Uma das organizações militares agraciadas, pelo Ministro da Defesa, com a comenda foi a Corveta “Barroso”.

Na cerimônia, foi realizada a aposição de uma coroa de flores no “Túmulo do Soldado Desconhecido”, em homenagem àqueles que perderam suas vidas no conflito, em defesa da Pátria.

Participaram da cerimônia integrantes das Forças Armadas, ex-combatentes do Brasil, veteranos da FEB e ex-combatentes das nações amigas.

blank
A Corveta “Barroso” foi agraciada com a Medalha da Vitória