O encontro fez parte do cronograma para a passagem de Comando e aconteceu na sede da CTF-151

O próximo Comandante da Combined Task Force 151 (CTF-151), Contra-Almirante André Luiz Andrade Felix, acompanhado de comitiva, visitou a sede da Combined Maritime Forces (CMF), no Bahrein, entre os dias 11 e 13 de abril.

A visita incluiu reuniões operativas e administrativas com o Subcomandante da CMF, Comodoro Ed Ahlgren, da Marinha Real Britânica, e membros do seu Estado-Maior, e também com o Comodoro Abdul MUNIB, da Marinha do Paquistão, atual comandante da CTF-151, e seu Estado-Maior, que atualmente possui dois Oficiais da Marinha do Brasil (MB).

Na sede da CTF-151, a delegação brasileira recebeu um briefing detalhado sobre as atividades de combate à pirataria em andamento na Área de Operações da CMF. “Não houve nenhum incidente de pirataria em nossa área de operações no ano passado, o que é uma conquista significativa, pois a área de operações é muito grande”, declarou o atual Chefe do Estado-Maior da CTF-151, Capitão de Mar e Guerra ADNAN Laghari, da Marinha do Paquistão.

blank
Briefing realizado para o futuro Comandante da CFT-151 e delegação brasileira

O Contra-Almirante Felix, por sua vez, afirmou ser uma grande oportunidade e também uma grande responsabilidade para o Brasil comandar esta Força-Tarefa multinacional pela primeira vez. “Sentimo-nos muito honrados por poder apoiar a CMF. Esperamos que seja uma experiência mutuamente gratificante e que possamos dar continuidade ao ótimo trabalho realizado na CTF-151 ao longo dos anos”.

O Paquistão assumiu, pela 9ª vez, o Comando da CTF-151 em dezembro de 2020 e deve passar para o Brasil em junho deste ano. Será a primeira vez que um país sul-americano receberá o Comando da CTF-151.

Marcelo Barros, com informações da Marinha do Brasil
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui