Visita destacou a atuação dos Centros de Monitoramento como fonte da Consciência Situacional Marítima junto ao SisGAAz

O Centro Integrado de Segurança Marítima (CISMAR) recebeu, no dia 15 de julho, a visita de representantes da Fundação Centros de Referência em Tecnologias Inovadoras (CERTI), instituição parceira da Marinha do Brasil (MB).

O encontro faz parte de um contrato firmado em maio deste ano, entre a Diretoria de Gestão de Programas da Marinha (DGePM) e a Fundação CERTI, com a participação do Setor Operativo da MB, sendo um marco do Programa de Trabalho para a construção da Base de Conhecimentos e do Termo de Referência que serão utilizados para a escolha do Parceiro Tecnológico responsável pelo desenvolvimento do Sistema de Gerenciamento da Amazônia Azul (SisGAAz). Esse parceiro fará o desenvolvimento, seguindo o modelo de Encomenda Tecnológica, previsto no Marco Legal de Ciência, Tecnologia e Inovação.

A CERTI é uma instituição de base tecnológica que há 37 anos atua com o propósito de contribuir para a competitividade das empresas e para o desenvolvimento sustentável do Brasil, por meio de um consistente e dinâmico ecossistema de inovação, tecnologia e empreendedorismo.

Na visita ao CISMAR , os representantes da CERTI conheceram o Controle do Tráfego Marítimo e seus principais sistemas de monitoramento, com destaque para o Sistema de Informações sobre o Tráfego Marítimo (SISTRAM).

Dentre os principais temas abordados no encontro destacaram-se a cooperação entre as instituições nacionais e internacionais com as trocas de informações não classificadas sobre tráfego marítimo e os resultados recentes em prol da Segurança Marítima, que expandem o nome do Brasil e da Marinha como exemplo de trabalho sinérgico interagencial.

Marcelo Barros, com informações e imagens da Marinha do Brasil
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui