blank
Força-tarefa do governo federal deve entregar 1.003 cestas básicas a famílias em situação de vulnerabilidade social. Cestas básicas foram entregues em comunidades da Terra Yanomami Divulgação/Funai

Google News

O governo federal iniciou a distribuição de cerca de 22,5 toneladas de alimentos a comunidades da Terra Indígena Yanomami, em Roraima. A força-tarefa deve entregar 1.003 cestas básicas a famílias em situação de vulnerabilidade social. A informação foi divulgada nesta segunda-feira (13).

Entre no canal do Defesa em Foco no Whatsapp e fique por dentro de todas as notícias do dia

De acordo com o governo, a ação contemplará comunidades das regiões de Parima, Kayanaú, Parafuri, Xitei, Hakoma, Homoxi, Haxiu e Surucucu. Os alimentos foram adquiridos com recursos da Fundação Nacional do Índio (Funai). A ação iniciou na última sexta-feira (10).

blank
Entrega foi realizada em aeronaves da FAB — Foto: Divulgação/Funai

Durante a ação, um avião de grande porte da Força Aérea Brasileira (FAB) deve realizar o transporte das cestas de Boa Vista para a região de Surucucu. No local, os itens serão levados até as comunidades por helicópteros do Exército Brasileiro.

A ação também contou com a participação do Ministério da Saúde, por meio da Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai), o Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), por meio da Secretaria de Operações Integradas (Seopi), da Força Nacional de Segurança Pública (FNSP) e da Polícia Federal, e o Ministério da Defesa, por meio do Exército.

Segundo a Funai, o órgão investiu quase R$ 3 milhões e cerca de 10 mil cestas básicas entregues nas comunidades do estado durante a pandemia.

Fonte: G1