blank

Google News

O Centro de Avaliações do Exército (CAEx) – “Campo de Provas da Marambaia/ 1948” iniciou, em 13 de abril, a avaliação do Radar de Vigilância Terrestre SENTIR M20, material de emprego militar (MEM) projetado pelo Centro Tecnológico do Exército (CTEx) e fabricado pela EMBRAER.

Entre no canal do Defesa em Foco no Whatsapp e fique por dentro de todas as notícias do dia

As atividades se iniciaram com a capacitação técnica dos militares e técnicos do CTEx e do CAEx para operação do equipamento e de seus componentes, para emprego pelas forças militares no escopo do Programa Estratégico do Exército Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras (Prg EE SISFRON).

O Radar SENTIR M20 pode detectar e acompanhar o movimento de alvos terrestres, como tropas a pé, viaturas ou helicópteros em voo na direção do sol e em quaisquer condições climáticas, além de ser imune a ataques de guerra eletrônica. É leve e possui um sistema de visualização portátil que possibilita o emprego em missões de reconhecimento do campo de batalha, vigilância de fronteiras e proteção de instalações e áreas sensíveis.

O Radar de Vigilância Terrestre SENTIR M20 é resultado da Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) do Sistema de Ciência e Tecnologia do Exército, em conjunto com a Base Industrial de Defesa e Segurança (BIDS), e conferirá maior capacidade de vigilância às Forças Armadas e ao SISFRON, ao dotar a Defesa com materiais e sistemas de sensoriamento, apoio à decisão e apoio à atuação.

blank blank blank blank blank