Rio de Janeiro (RJ) – O Centro de Avaliações do Exército (CAEx) realizou, entre 25 de maio e 29 de julho, testes técnicos de desempenho veicular da viatura 5 Ton, 4×4, Mercedes Benz UNIMOG U5000, do Corpo de Fuzileiros Navais (CFN) da Marinha do Brasil (MB).

A atividade, que conta com o apoio do Comando de Material dos Fuzileiros Navais (CMatFN), faz parte de uma Colaboração Técnica demandada pelo Estado-Maior da Armada ao Estado-Maior do Exército, que foi incluída no Plano de Avaliação de Sistemas e Materiais de Emprego Militar (SMEM) do Departamento de Ciência e Tecnologia (DCT) para o biênio 2022/2023.

A finalidade é verificar se a viatura atende aos requisitos de desempenho veicular estabelecidos pelo CFN. Os requisitos foram verificados em inspeção metrológica, transposição de rampa longitudinal e lateral, desempenho do freio de serviço, aceleração e estabilidade lateral.

A atividade desenvolvida pelo Sistema de Ciência, Tecnologia e Inovação do Exército (SCTIEx), em conjunto com a Marinha do Brasil, evidenciou os benefícios da cooperação entre as Forças no compartilhamento de informações técnicas, o que é importante na aferição da segurança e do desempenho do material, bem como para garantir a operacionalidade dos equipamentos que se encontram em utilização pelas Forças Armadas.

Fonte: CAEx

Marcelo Barros, com informações do Exército Brasileiro
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui