O Centro de Avaliações do Exército (CAEx) realizou, entre 7 e 18 de março, uma série de testes do Sistema Transportável para Rastreio de Engenhos em Voo (STREV), em operação conjunta com o Centro de Lançamentos da Barreira do Inferno (CLBI) da Força Aérea Brasileira, em Parnamirim-RN. O sistema encontra-se em fase de implantação.

A obtenção de dados de rastreio de engenhos em voo, como posição, velocidade e aceleração, além do registro de imagens e gravação de vídeos em alta resolução constituem requisito fundamental para apoiar a pesquisa e o desenvolvimento de diversos engenhos e atestar a conformidade de sistemas e materiais de emprego militar.

A operação do STREV proporcionou maior efetividade na missão de rastreio de engenhos complexos, fundamental para o apoio à pesquisa e ao desenvolvimento, e para a avaliação de sistemas e materiais de emprego militar, o que potencializa a capacidade tecnológica e de desenvolvimento de Produtos de Defesa no parque industrial brasileiro.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

A atividade contou com a participação de diversos meios operativos da Marinha do Brasil, da Força Aérea Brasileira, do Corpo de Bombeiros do Estado do Rio Grande do Norte e de empresas da base industrial de defesa e segurança. A iniciativa demonstra a interoperabilidade entre a indústria, as Forças Armadas e as Forças de Segurança.

Fonte: Centro de Avaliações do Exército



Marcelo Barros, com informações do Exército Brasileiro
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).