A ação teve o propósito de orientar os condutores sobre a importância da LESTA

A Capitania Fluvial de Brasília (CFB) instruiu e orientou condutores de embarcações sobre a importância do cumprimento da Lei de Segurança do Tráfego Aquaviário (LESTA) e demais normas da Autoridade Marítima, nos dias 22 e 23 de maio, no Lago Corumbá IV, em Luziânia (GO).

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

Buscando garantir a salvaguarda da vida humana, a segurança da navegação e a prevenção contra a poluição hídrica oriunda de embarcações, foram realizadas 45 Ações de Fiscalização do Tráfego Aquaviário. Como resultado, 18 notificações foram aplicadas e 16 embarcações apreendidas.

A Inspeção Naval faz parte do programa de prevenção, que teve início em 2020 na região do Corumbá IV. As primeiras ações, ainda em 2020, tiveram caráter exclusivamente educativo. Em 2021, além das ações educativas, estão sendo feitas fiscalizações para coibir descumprimentos às normas que possam colocar em risco a segurança da navegação e a salvaguarda da vida humana.

Marcelo Barros, com informações da Marinha do Brasil
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).