Na vibrante cidade de Aracaju, a Capitania dos Portos de Sergipe (CPSE) marcou sua notável presença na Expo Verão 2024, a maior feira multissetorial de negócios da região, realizada entre os dias 23 e 25 de janeiro. Este evento anual, que atraiu um público estimado de 200 mil pessoas, aconteceu na Praça de Eventos da Orla de Atalaia, um local emblemático da cidade.

Primeira Exposição das Forças Armadas e Instituições de Segurança

Pela primeira vez, a Expo Verão 2024 reservou um espaço exclusivo para as Forças Armadas e outras instituições de segurança atuantes no estado. Esta iniciativa reforça a importância do papel dessas organizações na sociedade e oferece uma oportunidade única de aproximação com o público.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

A Presença Impactante da CPSE

No estande da CPSE, os visitantes tiveram a chance de conhecer de perto as atividades e responsabilidades da Marinha do Brasil (MB), especialmente no estado de Sergipe. O estande apresentou uma variedade de embarcações, viaturas e equipamentos de segurança, além de exibir vídeos institucionais que abordaram temas como as formas de ingresso na MB, a Amazônia Azul e a Operação Verão.

Lançamento do Aplicativo NAVSEG

Um dos destaques da participação da CPSE foi a divulgação do aplicativo NAVSEG. Este aplicativo inovador permite o monitoramento em tempo real das embarcações pela Marinha, representando um grande avanço na segurança marítima. A apresentação do NAVSEG na Expo Verão 2024 simboliza o compromisso contínuo da Marinha com a inovação tecnológica e a segurança dos mares.

Reforçando a Segurança Marítima e a Presença Naval

A participação da Capitania dos Portos de Sergipe na Expo Verão 2024 não só destacou o trabalho vital da Marinha em Sergipe, mas também reforçou seu compromisso com a segurança marítima e a inovação. Eventos como este são essenciais para fortalecer a relação entre as forças armadas e a comunidade, promovendo uma maior compreensão e apreciação das atividades navais.

Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).