No dia 6 de abril, a 4ª Brigada de Cavalaria Mecanizada realizou um exercício de evacuação de não combatentes em zona de conflito, no contexto da etapa de Simulação Viva da Certificação da Força de Prontidão (FORPRON), na cidade de Fátima do Sul-MS.

Na simulação, foram utilizados meios da 4ª Companhia de Engenharia de Combate Mecanizada, como a portada tática leve, com a finalidade de transpor o Rio Dourados para mover viaturas e evacuar não combatentes.

A atividade também contou com a participação de uma aeronave do 3º Batalhão de Aviação do Exército, utilizada para o transporte de civis feridos para o Centro de Controle de Evacuados, onde foram realizadas identificação, revistas, inspeção de saúde, entrevistas, assistência psicológica e outras atividades de apoio.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

No mesmo dia, foi realizado um exercício de ataque a localidade no município de Cristalina-MS.

O objetivo da simulação foi atuar com o máximo de realismo para que os militares pudessem vivenciar a dificuldade de progredir e combater em ambientes urbanos, defendidos por uma força oponente.

Fonte: 4ª Brigada de Cavalaria Mecanizada

Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).