blank

Google News

No dia 29 de abril, o 2º Batalhão de Infantaria de Selva (2º BIS) – Batalhão Pedro Teixeira – realizou cerimônia militar para inaugurar o monumento “Lembrai-vos da Guerra”, justa homenagem aos Pracinhas da Amazônia que integraram a Força Expedicionária Brasileira (FEB), durante a 2ª Guerra Mundial.

Entre no canal do Defesa em Foco no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia

O monumento foi idealizado para resgatar a história e manter vivas as tradições e valores da caserna, além de reverenciar os atos de bravura e heroísmo em defesa dos valores de liberdade e democracia no teatro de operações europeu. A data não poderia ser mais oportuna, visto que neste ano é celebrado o Bicentenário da Independência do Brasil e os 180 Anos do 2º BIS.

O monumento “Lembrai-vos da Guerra” inicia a 1ª fase da criação do Espaço Cultural do 2º BIS, e é composto por um monumento em mármore, com um fuzil e um capacete, por um mural de fotos recuperadas da 2ª Guerra Mundial. Há também um QR Code com acesso ao livro “Pracinha Galliano Cei – Diário de Campanha da 2ª Guerra Mundial”, material digital hospedado na página do batalhão (www.2bis.eb.mil.br) que descreve vários acontecimentos da preparação, do conflito e do período posterior à participação da FEB na guerra. O material consta de histórico e homenagem a todos os pracinhas amazônidas reunidos no então 26º Batalhão de Caçadores, antiga denominação do 2º BIS em 1944.

A solenidade, presidida pelo Comandante do Colégio Militar de Belém (CMBel), Coronel Jackson Rodrigues de Souza Júnior, contou com a presença de autoridades civis e militares, e com a ilustre participação do ex-combatente da FEB, José Santana Baltazar, além de filhos de ex-combatentes, de pesquisadores da área de história militar, de alunos do CMBel e da Escola Municipal Santa Inês.

O Comandante do 2º BIS, Coronel Hiarlley Gonçalves Cruz Landim, expressou a satisfação do batalhão em homenagear os verdadeiros heróis da nação, os Pracinhas da FEB, com o monumento “Lembrai-vos da Guerra”. Ao final da cerimônia, todos puderam assistir a uma apresentação da banda de música em homenagem ao ex-combatente presentes e aos filhos de ex-combatentes , e apreciar o painel de fotos recuperadas de pracinhas de toda Amazônia em treinamento no antigo 26º Batalhão de Caçadores no ano de 1944.

Fonte: 2º Batalhão de Infantaria de Selva