Entre os dias 26 e 29 de maio, o Batalhão de Artilharia de Fuzileiros Navais realizou o exercício de Escola de Fogo de Artilharia (ESFOG-ART) no campo da Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN), em Resende (RJ). Este exercício foi crucial para o adestramento das duas Subunidades da Força de Emprego Rápido da Força de Fuzileiros da Esquadra, destacando-se pelo uso de tiro real do obuseiro 105mm e do morteiro 120mm.

Realização do Exercício e Capacitação dos Militares

Durante o ESFOG-ART, a 2ª Bateria de Obuseiros 105mm (2ªBiaO105mm), com o obuseiro 105mm L118 Light Gun, e a 3ªBiaO105mm, utilizando o morteiro 120mm K6A3, conduziram diversas missões de tiro com granadas alto-explosivas e iluminativas. Este treinamento permitiu que os militares praticassem diferentes tipos de missões de tiro, aprimorando suas habilidades técnicas e operacionais.

blank
Tiro de Morteiro 120mm

O exercício também foi fundamental para a capacitação dos quatro Oficiais-Alunos do Estágio de Qualificação Técnica Especial em Artilharia. Estes Oficiais tiveram a oportunidade de consolidar os conhecimentos teóricos adquiridos durante o estágio, executando na prática funções como Comandante da Linha de Fogo, Oficial de Direção de Tiro e Observador.

Integração e Interoperabilidade

A ESFOG-ART contou com a participação de 60 Cadetes da AMAN durante o tiro noturno do morteiro 120mm. Este envolvimento incrementa a troca de conhecimentos e a interoperabilidade entre a Marinha e o Exército Brasileiro, especialmente no emprego da Artilharia de Campanha, fortalecendo as boas relações entre as duas Forças.

Importância do Exercício Noturno

Um dos pontos altos do ESFOG-ART foi o tiro noturno com granada iluminativa. Este tipo de operação é essencial para treinar os militares a operarem em condições de baixa visibilidade, garantindo que estejam preparados para enfrentar diversos cenários operacionais.

O Coronel Adelmo de Sousa Carvalho Filho, Comandante do Batalhão Hermes Ernesto da Fonseca, parabenizou os militares pela competência e dedicação demonstradas durante o exercício. Ele ressaltou a importância de treinamentos como o ESFOG-ART para a manutenção da prontidão operacional e a eficácia das Forças Armadas.

Conclusão do Exercício

O exercício ESFOG-ART marcou a coroação do adestramento das Subunidades da Força de Emprego Rápido, demonstrando a capacidade técnica e a eficiência do Batalhão de Artilharia de Fuzileiros Navais. A participação dos Cadetes da AMAN e a integração com o Exército Brasileiro reforçam o compromisso das Forças Armadas em promover a interoperabilidade e a troca de conhecimentos entre suas diferentes unidades.

VICE-ALMIRANTE RENATO RANGEL FERREIRA ASSUME COMANDO DE TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO DOUTRINÁRIO DOS FUZILEIROS NAVAIS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui