Voiced by Amazon Polly
Atletas da equipe Amazônia Azul (Amazul), formada por remadores de alto desempenho da Marinha e do Clube Naval de Brasília, garantiram o lugar mais alto do pódio no Campeonato Mundial de Canoagem Oceânica, que aconteceu entre os dias 4 a 6 de julho, em Lanzarote, uma das Ilhas Canárias, na Espanha. Os canoístas Carmen Lúcia Silva e Califa Abud Cury Filho conquistaram o ouro nas categorias MASTER E e Paracanoagem, respectivamente. Segundo a Confederação Brasileira de Canoagem, o resultado é inédito para o País.
O apoio da Marinha do Brasil, em especial do Estado-Maior da Armada e do Comando do 7º Distrito Naval, estimulam nossa equipe, composta por atletas de todas as regiões do País, a superar desafios técnicos e aprimorar o desempenho em diferentes condições de vento e mar, o que proporcionará cada vez mais resultados internacionais nas diversas modalidades de canoagem que praticamos, em estreito alinhamento com a Política Desportiva da Marinha e com a vocação natural de um país marítimo da estatura do Brasil”, afirmou o Capitão de Mar e Guerra Luciano Ponce Carvalho Judice, chefe da equipe Amazul e um dos reforços da delegação brasileira.
O Brasil contou 17 atletas, sendo 10 da Amazul. Eles competiram com mais de 200 atletas, de 21 países, em uma prova de 27 km ao longo da costa da ilha, com início na praia La Garita (Arrieta) e chegada na praia El Reducto (Arrecife).
A modalidade é praticada em caiaques de alta performance, denominados surfskis, inspirados nas pranchas de salvamento e resgate australianas, combinando a propulsão a remo e a navegação nas ondas oceânicas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui