Militares brasileiros que compõem o Grupo de Assessores Técnicos Interamericanos na Colômbia (GATI-CO) acompanharam alunos do Curso de Monitores Nacionais em Desminagem Humanitária (CMNDH) em visita ao Museu Militar da Colômbia, localizado no centro histórico de Bogotá. A atividade ocorreu, na quarta-feira (07), com a participação do Major de Engenharia do Exército brasileiro Cláudio Santos Bispo e o Capitão-Tenente (FN) da Marinha do Brasil Gustavo Lopes da Silva Freitas.
O Museu Militar é um centro histórico e cultural inaugurado em 1973. A instituição exibe elementos relacionados à Independência da Colômbia e à história e ao desenvolvimento das Forças Militares colombianas. Possui diversas salas que retratam períodos históricos expressivos, dentre eles o da atuação dos militares no combate à guerra contra as minas antipessoais e artefatos explosivos ainda existentes no país.
20210408-gati2.jpeg
Os integrantes do GATI-CO foram recebidos em janeiro desse ano, pelo diretor do museu e visitaram o espaço para conhecer as instalações e a história dos efeitos que as minas antipessoais marcaram o país. A partir daí, organizaram a primeira visitação de alunos de um curso de Desminagem Humanitária ao local, desde a sua inauguração. A atividade possibilitou conhecimento cultural sobre a evolução militar assim como, apresentou a importância que as missões de desminagem, realizadas atualmente pelos alunos, têm proporcionado à Colômbia, ao garantir a paz e a segurança interna da nação.
20210408-gati3.jpeg
A iniciativa dos militares da Engenharia do Brasil em propiciar essa atividade inovadora para os alunos do curso realizado pelo GATI-CO contribuiu para a ampliação do conhecimento dos Monitores Nacionais colombianos e para fortalecer as relações entre os Assessores Técnicos do Brasil e o Comando Geral das Forças Militares (CGFM) da Colômbia.
20210408-gati.jpeg
Com informações do GATI-CO
Fotos: divulgação GATO-CO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui