Um exemplo vale mais que mil palavras”. As experiências vivenciadas nesta edição da “Aspirantex/2021” comprovam que bons exemplos convertem-se em inspirações e, consequentemente, valores como disciplina, coragem e abnegação tornam-se um legado transmitido entre gerações.
O Suboficial Fuzileiro Naval Hélio Alves Martins, por exemplo, não imaginava que teria a grata surpresa de embarcar com o filho. Com 29 anos de carreira, ele conta que, um dia, foi surpreendido com a seguinte pergunta: “Pai, como eu faço para ter uma profissão igual à sua?”. O exemplo e as orientações transmitidas renderam frutos. “Assim como meu pai é, eu pretendo ser um ótimo militar para Marinha. Está sendo muito prazeroso viver tudo isso ao lado da pessoa que me orientou para esse caminho”, declarou o Aspirante Gabriel Pereira Martins, a bordo do Navio Doca Multipropósito (NDM) “Bahia”. Durante a “Aspirantex/2021”, o Suboficial pôde ver o filho seguir seus passos. “Essa missão vai ficar como um marco na história da minha vida. É como o prazer de jogar bola com o seu filho. Estou encarando como um prêmio”, afirmou, emocionado, o Suboficial.
blank
Suboficial acompanha carreira do filho Aspirante
durante “Aspirantex/2021”
Durante a “Aspirantex/2021”, o NDM “Bahia” também testemunhou a emoção da Aspirante Ana Catharina Bastos Cardoso, que embarcou na comissão junto com o irmão gêmeo, o Aspirante João Victor Expedito Bastos Cardoso. “Meu irmão me inspirou a estudar e, para nossa surpresa, entramos juntos na Escola Naval”, relatou a Aspirante. O tempo de convivência a bordo, no mesmo navio, foi importante para reforçar a parceria e a união entre eles. “Fazer a ‘Aspirantex’ com a minha irmã gêmea foi uma oportunidade única. Tiramos dúvidas e conhecemos tudo juntos. Tenho certeza de que, um ajudando o outro, seremos excelentes Oficiais!”, assegurou o Aspirante. Essa foi a primeira vez que um casal de irmãos gêmeos Aspirantes embarcou junto na “Aspirantex”.
blank
Parceria entre irmãos gêmeos, a bordo do
NDM “Bahia”, na “Aspirantex/2021”

Google News

A gratidão de um pai orgulhoso também pôde ser vista no Navio-Aeródromo Multipropósito “Atlântico”, quando o Capitão-Tenente Verdan encontrou o filho em plena Praça D’Armas. O Aspirante Guilherme Verdan se surpreendeu ao vê-lo. “Eu não sabia que meu pai embarcaria neste navio. Estou feliz com esse encontro porque, se estou aqui, é por causa dele.” Prestes a encerrar a carreira, o Oficial entregou uma placa de homenagem ao filho, que está apenas iniciando a vida na Marinha. “Tive muitas alegrias nesses 30 anos de serviços prestados e não imaginava que viveria mais essa. Sinto muita honra por tudo o que vivi aqui. Ver meu filho, com um futuro brilhante pela frente, me deixa realizado. É difícil descrever o que estou sentindo”, declarou o Capitão-Tenente, reforçando a importância dos bons exemplos na vida dos jovens.

blank
Encontro surpresa na “Aspirantex/2021” emociona
filho Aspirante e pai Oficial

Fonte: Marinha do Brasil

Participe do nosso grupo e receba as principais notícias do Defesa em Foco na palma da sua mão.

blank

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.



Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do Defesa em Foco em seu e-mail, é de graça!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui