blank

Google News

A Amazul apresentou sua metodologia de Mapeamento de Competências Comportamentais durante o simpósio técnico online da Seção Latino-Americana da Sociedade Nuclear Americana (LAS/ANS), que se encerrou nesta quinta-feira, 26/11.

Entre no canal do Defesa em Foco no Whatsapp e fique por dentro de todas as notícias do dia

A metodologia, apresentada pela gerente de Desenvolvimento de Pessoas da Amazul, Daniela Ferreira, recebeu este ano o Prêmio Transformação Digital Brasil 5.0, promovido pelo Instituto Micropower, que reconhece iniciativas de sucesso e melhores práticas em educação e capacitação profissional.

A metodologia de Mapeamento de Competências Comportamentais, parte integrante do programa de Gestão do Conhecimento da Amazul, começou a ser implantada em 2017/2018 em setores do ciclo de produção do combustível nuclear, no Centro Industrial Nuclear de Aramar (Cina), em Iperó (SP). Desde então, está sendo replicada em setores do Centro Tecnológico da Marinha em São Paulo, Diretoria de Desenvolvimento Nuclear da Marinha (São Paulo e Iperó), Centro de Instrução e Adestramento Nuclear de Aramar (Iperó) e Centro de Desenvolvimento de Submarinos (São Paulo). O projeto pode ser implementado em outros empreendimentos nucleares e não nucleares.

O mapeamento de competências comportamentais permite identificar cinco atitudes essenciais (querer fazer) esperadas dos profissionais para a manutenção e desenvolvimento desse conhecimento: orientação para segurança e meio ambiente; confidencialidade; integridade e transparência; disciplina e organização; trabalho em equipe.

O simpósio técnico debateu a preservação e gestão do conhecimento tecnológico nuclear na América Latina. A LAS/ANS tem como objetivo promover o desenvolvimento da ciência e tecnologia nuclear nos campos da indústria, agricultura, medicina, energia e atividades afins, com ênfase na promoção da integração das diferentes áreas da atividade nuclear.

Fonte: Amazul