Google News

O hipismo é um esporte muito antigo, praticado pelo homem e seu cavalo.

Mas, na Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN),  a modalidade praticada desde os Jogos Olímpicos Antigos é competição anual na Academia.

Estamos falando da Copa AMAN de Salto 2021.

As regras e as competições como as que ocorrem hoje, começaram somente no ano de 1883, nos Estados Unidos. No programa dos Jogos Olímpicos Modernos, o hipismo foi incluído nas Olimpíadas de 1912 em Estocolmo (Suécia).

O salto é apenas uma das provas do hipismo.  O cavaleiro deve transpor, com seu cavalo, de 12 a 15 obstáculos (simples, duplos ou até triplos) numa pista que chega, no caso da AMAN, a  500 metros. Na Seção de Equitação da Academia, há duas pistas, uma de areia e outra de grama. O cavaleiro deve fazer duas vezes o percurso da prova. Na Copa AMAN, os competidores o realizaram o trajeto no sábado e no domingo. O vencedor será o competidor que errar menos e fizer o percurso em menor tempo.

A Equitação Militar desenvolve a liderança.

No fim de semana de 26 e 27 de junho de 2021, a Copa AMAN de Salto contou com a participação de cerca de 150 conjuntos de diversas Organizações Militares. Além da AMAN, a competição contou com a presença de atletas da Escola de Sargentos das Armas (ESA) do 2º Regimento de Cavalaria de Guarda (2º RCG), da Escola de Equitação do Exército (EsEqEx), do Campo de Instrução de Gericinó (CIG), do Colégio Militar de Curitiba (CMC), do Colégio Militar do Rio de Janeiro (CMRJ) e do Colégio Militar de Recife.

Apesar do alto nível dos atletas, a equipe da AMAN obteve resultados que deixaram em destaque os nosso cadetes. Os futuros oficiais de AMAN venceram a prova por equipes das séries Cadetes e Alunos ao transporem uma altura de 0,90m.

A Copa AMAN também destaca outros resultados expressivos.

Cadetes Aiã, Hilton, João Campos e Veiga- Equipe Campeã da Série Cadetes e Alunos; Cadetes Berbigier, Mateus Silveira, Falcão e Laranjeira- Equipe Vice-campeã da série Cadetes e Alunos; Cadete Lourenço- 4º Lugar na Série 1,10m aberta; Cadete João Campos, 3º Lugar da Série Cadetes e Alunos; General Paulo Roberto Rodrigues Pimentel, Comandante da AMAN-  Vice-campeão da Série 1,10m aberta; Coronel Spangemberg- 2º Lugar na Série 1,30m; 4º Lugar na Série 1,20m e Campeão da Série 1,00m Cavalos Novos; Capitão Peres- 4º Lugar na Série 1,00m aberta; Capitão Dybalski- Vice-campeão da Série 1,00m Cavalos Novos; Major Albano- 3º Lugar na Série 0,90m aberta; 1º Tenente Bruno Santos- 4º Lugar na Série 0,90m aberta;

Os cavalos da Seção de Equitação são cuidadosamente amparados pelos profissionais do Hospital Veterinário da AMAN e pelos instrutores da Seção de Equitação, além dos cadetes que participam das equipes da modalidade, que criam uma relação de companhia e amizade que, por sua vez, o faz compreender limites na hora de uma competição, por exemplo.

Quando um cavalo “zera” uma apresentação, ou seja, quando  faz a prova sem nenhum “refugo”, vibram a torcida e o cavaleiro.

Fonte: AMAN

1 COMENTÁRIO

  1. Estive nessa competição. E o resultado final dos 0,90 cm individual 1 lugar CMRJ, 2 CMRJ, 3 CMRJ , è em 4 AMAN!
    Os cadetes de Thomáz Coelho deram uma aula de hipismo na prova de salto!!!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui