Foto: Cap Edvaldo

No dia 22 de outubro, o Comando de Defesa Cibernética (ComDCiber) realizou a 7ª edição da competição cibernética do tipo “Capture the Flag” (Captura de Bandeira) das Forças Armadas, mais conhecida como “Mandabyte”. A competição tem como principais objetivos a descoberta de novos talentos na área cibernética, a promoção e difusão da cultura de segurança e defesa cibernética e o incentivo e aperfeiçoamento de militares da Defesa nas múltiplas áreas de conhecimento cibernético.

article 7

Durante a disputa, militares de todo o Brasil, de forma totalmente on-line, participaram de desafios na modalidade “Capture the Flag”, em seis áreas de conhecimento cibernético, tais como: ataque a sistema, ataque a web, criptografia, forense, engenharia reversa e miscelânea.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

Nesta edição, participaram 73 equipes, compostas por até três integrantes cada, totalizando 213 militares inscritos: 35 da Marinha; 98 do Exército; e 80 da Aeronáutica. Este ano, as atividades da competição foram planejadas e coordenadas pelo Centro de Defesa Cibernética que, além da coordenação, é o responsável pela estrutura técnica.

Segundo o Chefe do Centro de Defesa Cibernética, General de Brigada Jomar Barros de Andrade, o Mandabyte é uma grande oportunidade para identificar novos valores para o setor cibernético, os quais passam a ser acompanhados por seu sistema de Gestão de Talento, contribuindo para o aumento da capacidade cibernética das Forças Armadas.

Fonte: CCOMSEx